Uma via que liga vidas

Informações e emergências0800 - 72 99 300

Home

Dicas de segurança

CHUVAS FORTES: FIQUE ATENTO NA RODOVIA

O verão sempre é marcado pela ocorrência de chuvas fortes e com grande volume de água. A ViaRondon alerta seus usuários para que redobrem a atenção neste período.
Listamos 10 dicas para que você saiba agir em situações de chuva forte:
- Mantenha as mãos no volante o tempo todo, pois com a pista lisa é necessário ter ainda mais controle sobre o carro;
- Se ocorrer aquaplanagem, ou seja, se houver uma fina camada de água sobre as pistas, diminua a velocidade e mantenha a direção reta;
- Para evitar problemas, mantenha sempre as borrachas do para-brisa em dia;
- Fique com a atenção redobrada. Falar ao celular ou mexer no rádio, nem pensar!
- Dirija devagar, de acordo com a velocidade da via, se houver necessidade diminua mais;
- Siga os demais carros que estão na pista. Se houver algum buraco na estrada, a chuva impossibilitará a visão deste;
- Cuide sempre da manutenção dos pneus, pois pneus carecas e velhos são ainda mais perigosos em situações como esta. Mantenha também os sulcos do tamanho correto e calibrados;
- Não freie bruscamente ou faça ultrapassagens e manobras arriscadas
- Mantenha uma distância segura do veículo à sua frente, para você conseguir desviar a tempo, em caso de acidente;
- O uso do farol baixo, durante o dia, é obrigatório e ajuda a sua visibilidade e a de outros motoristas.
- Caso a chuva esteja muito forte, procure um local seguro para estacionar seu caminhão ou outro veículo. Sua segurança deve estar sempre em primeiro lugar!

Caso precise de informações ou atendimento na rodovia, você pode contar com toda a equipe da ViaRondon. É só ligar no 0800 72 99 300
(Fonte: www.roadcard.com.br)

fechar dica
PEDESTRE: VOCÊ É PARTE DO TRÂNSITO TAMBÉM!

A nova campanha de prevenção de acidentes da ViaRondon vem a calhar com o propósito do Movimento Maio Amarelo: orientar todos os "personagens do trânsito" para os perigos de não se respeitar as Leis e sinalizações.
Pedestre, fica a dica:
- Usar a passarela é bem mais rápido do que esperar uma brecha no fluxo;
- Atravessar pela rodovia aumenta muito o risco de acidentes, como atropelamentos;
- Pedestres também devem respeitar às Leis do Código Nacional de Trânsito;
- Lembrem-se, vocês são a parte mais "frágil", não se arrisquem!
A rodovia só fica perigosa para quem não respeita as Leis de Trânsito!
ViaRondon 0800 12 99 300

fechar dica
MOTOCICLISTA: ATENÇÃO E PRUDÊNCIA NUNCA SÃO DEMAIS!

A nova campanha de prevenção de acidentes da ViaRondon segue o propósito do Movimento Maio Amarelo: orientar todos os "personagens do trânsito" para os perigos de não se respeitar as Leis e sinalizações.

Motociclista, estas são para você!

- Use sempre o capacete! Ele é um item de segurança obrigatório;

- Prefira roupas claras e coletes refletivos;

- Respeite os limites de velocidade;

- Ultrapasse apenas quando tiver visão frontal ou dos retrovisores;

- Em uma viagem longa, pare com frequência, faça alongamento e beba água em uma base do Sistema de Atendimento ao Usuário (SAU);

- Lembre-se, você é uma das partes mais "frágeis" do trânsito, não se arrisque!

A rodovia só fica perigosa para quem não respeita as Leis de Trânsito!

ViaRondon 0800 12 99 300

fechar dica
MANTENHA SEU AUTOMÓVEL SEMPRE EM ORDEM

A responsabilidade do condutor começa muito antes de conduzir o veículo pela via. Por isso, cheque o estado e as condições do auto antes de encarar o trânsito:

• Veículo em bom estado de funcionamento e conservação;

• Combustível em quantidade suficiente;

• Existência dos itens obrigatórios em boas condições. Os equipamentos poderão ser checados pelas autoridades de trânsito em vistorias ou “blitz”;

• Verifique o níveis de água, óleo de freio e motor.

fechar dica
ANIMAIS NA PISTA? LIGUE 0800 72 99 300

Acidentes com animais na pista infelizmente são comuns.

Como muitas pessoas não sabem como reagir quando um fato como este ocorre, a concessionária separou algumas dicas para evitar o envolvimento neste tipo de acidente:

- Quando trafegar pela ViaRondon, ao se deparar com algum animal na pista, informe a concessionária imediatamente através do telefone gratuito: 0800 72 99 300;

- Ao avistar animais na pista, reduza a velocidade, nunca buzine e não sinalize com os faróis. Isso assusta os animais e eles podem ter reações inesperadas, como ir de encontro ao automóvel ou ficar paralisados na pista, impedindo o tráfego;

- Caso precise ultrapassar algum animal que esteja atravessando a pista, siga sempre pelas costas do animal;

- Ao passar por uma boiada ou outro agrupamento de animais, siga em primeira marcha e nunca buzine. Feche os vidros por motivo de segurança;

- Respeite a velocidade da estrada. Este cuidado permite que seja possível reagir adequadamente quando houver algum animal na pista;

- Diante de animais de pequeno porte, como cachorros, a tendência natural é frear ou desviar bruscamente. Antes de qualquer manobra, verifique pelo retrovisor se há algum veículo atrás de você. Um movimento inesperado pode provocar um acidente.

fechar dica
CHUVA? DIRIJA COM ATENÇÃO REDOBRADA!

Em dias de chuva, sejam fracas ou fortes, é preciso sempre reduzir a velocidade.

- Acione a luz baixa e aumente a distância do veículo à sua frente;

- Evite pisar o freio de maneira brusca, para não travar as rodas e não deixar o veículo derrapar devido à perda de aderência;

- Verificar os limpadores de para-brisa, o desembaçador e sistema de sinalização do veículo;

- Analisar o estado de conservação dos pneus, sua correta calibragem e a profundidade dos sulcos (que não devem ser inferior a 1,5mm), importantes para evitar a perda de aderência;

- Atenção para a AQUAPLANAGEM:
Este tipo de ocorrência acontece em razão de velocidade excessiva, combinada com a lâmina d´água formada pela intensidade da chuva, provocando falta de aderência do pneu/pavimento a consequente perda do controle do veículo;

Nunca dirija com velocidade excessiva em dias de chuva.

fechar dica
EVITE O OFUSCAMENTO!

Evite o ofuscamento para os outros condutores. Não utilize faróis altos sempre que estiver de frente com outro veículo, em vias de mão dupla, ou quando estiver atrás de algum outro carro.

Seja o primeiro a usar o farol baixo. Esta demonstração de boa vontade, em geral, leva os outros condutores a agirem também com boa vontade.

Se o outro motorista usar faróis altos, desvie o olhar para uma lateral da estrada. Olhe indiretamente para os faróis do carro que vêm em sentido contrário, isso reduzirá o ofuscamento e aumentará a visibilidade.

fechar dica
CUIDADO AO VIAJAR COM CRIANÇAS

Viajar com crianças exige atenção dobrada. Por isso, fique atento a essas dicas:
bebês não devem viajar no colo das mães, pois em caso de colisão o risco de impacto com o painel ou banco da frente é grande.

Já crianças com menos de 10 anos devem ser transportadas no banco de trás, atadas aos cintos de segurança ou acomodadas em cadeirinhas apropriadas. Sendo que, aquelas com até um ano de idade, devem ficar de costas para o sentido do carro.

Quando a cadeirinha não mais oferecer proteção à nuca da criança, em função de seu crescimento, é o momento de colocá-la diretamente no próprio banco do veículo, presa pelo cinto de segurança. Caso a posição do cinto possa causar enforcamento na criança, acomode-a em cima de uma almofada.

fechar dica
DOCUMENTOS EM DIA EVITAM MULTAS

- Evite multas, medidas administrativas e outras penalidades. Antes de sair, verifique se está portando os seguintes documentos e qual o prazo de validade:

- Carteira de Nacional de Habilitação, original, compatível com a categoria do veículo e dentro do período de validade;

- Licenciamento do veículo, dentro do período de validade;

- Documento de Identificação (para CNH modelo antigo);

- Portar próteses ou lentes corretivas indicadas na CNH;

Lembrando que para todos os itens citados, se o motorista não estiver de acordo com a Lei poderá arcar com multas e sofrer penalidades.

fechar dica
PONTO CEGO NUNCA MAIS

Entre as muitas formas de se evitar acidentes, uma nem sempre valorizada pelos motoristas é a regulagem correta dos retrovisores. Eliminar os chamados “pontos cegos” permite ter uma visão mais ampla da via e dos demais veículos, consequentemente, ampliando a segurança.

Infelizmente, a falta de visualização de outros veículos, bicicletas e até mesmo de pedestres é a causa de muitos acidentes.

Por este motivo, saber como ajustar o retrovisor e, ainda, permanecer dentro do campo de visão de outros motoristas pode fazer a diferença para que você tenha de fato uma viagem tranquila.

Confira algumas dicas:

- Posicione-se no banco de forma que os pés alcancem o pedal, seus braços fiquem quase totalmente esticados e suas costas bem encaixadas;

- Primeiramente, ajuste o retrovisor central. Você deve enxergar toda a área do vidro traseiro;

- Agora ajuste os espelhos. Quanto mais você enxergar a via (e menos o automóvel) maiores as suas chances de avistar alguém ultrapassando. Portanto, abra mais o ângulo;

- Leve em conta que talvez os outros veículos não estejam com os retrovisores tão bem regulados, portanto, atenção redobrada nas ultrapassagens ou mudanças de faixa;

- Ao parar ao lado de um ônibus ou caminhão, procure se posicionar de forma que veja o rosto do condutor no retrovisor dele, o que irá garantir que você estará no campo de visão do outro motorista. Se não for possível, afaste-se do veículo;

- Evite trafegar muito próximo da lateral ou traseira de ônibus e caminhões. O outro condutor visualizará mais facilmente o seu veículo;

- Por serem menores, as motos são mais fáceis de sair do campo de visão dos retrovisores. Além disso, o capacete também reduz a visão periférica do motociclista. O ideal é trocar de pista e manter distância de motos, principalmente nas rodovias;

- Nos congestionamentos, sinalize com antecedência sua intenção de trocar de faixa e fique atento aos retrovisores antes de realizar a manobra.

fechar dica
COM NEBLINA, FIQUE ATENTO

Em caso de neblina, reduza a velocidade gradativamente;

- Procure se guiar pela sinalização da pista;

- Mantenha distância do carro à sua frente e ligue o farol baixo;

- Se a visibilidade estiver muito prejudicada, é melhor seguir até um lugar seguro, como um posto ou uma base de apoio ao usuário, e só então parar o carro.;

- Outra dica importante é: não ligue o pisca-alerta quando estiver dirigindo por um trecho de neblina. Isso pode dar a impressão para o carro que está vindo atrás que o veículo da frente está parado e causar um acidente.

fechar dica
CINTO DE SEGURANÇA

O uso do cinto de segurança pode salvar vidas. No caso de uma colisão, este acessório pode fazer a diferença. Por exemplo, uma pessoa que pese 60 Kg, estando no banco traseiro de um veículo sem cinto de segurança, numa colisão a 60Km/h, é arremessada contra o banco dianteiro com uma força equivalente a quase uma tonelada. Já uma criança em torno de 5 anos de idade pesando 20 Kg, nesta mesma situação, provoca um impacto de 300 Kg.

A obrigatoriedade do uso do cinto de segurança é para todos os ocupantes dos veículos, independente da via que esteja sendo utilizada.

Mantenha os cintos sempre em bom estado e nunca os prenda enrolados ou dobrados, para não reduzir sua eficiência.

fechar dica
VIAGENS LONGAS

Não dirija por muitas horas. - Faça paradas regulares, mesmo que não esteja cansado;

- Procure descansar no mínimo 15 minutos a cada 2 horas de viagem.

- Faça uma revisão cuidadosa nos principais itens de segurança do veículo, como freios, pneus, parte elétrica e direção;

- Descanse bastante antes de iniciar sua viagem;

- Se possível, viaje acompanhado por alguém que também possa revezar com você a direção;

- Não beba e nem tome qualquer medicação que possa interferir nos seus sentidos.

fechar dica
SÓ ULTRAPASSE COM SEGURANÇA

Fique atento! Ultrapassar outro veículo pela contramão, sem visibilidade suficiente, nas curvas, aclives e declives, túneis, onde houver faixa dupla contínua ou simples contínua amarela, é cometer infração gravíssima com pena de multa.

Ao perceber que está sendo ultrapassado, mantenha ou reduza a velocdade para facilitar a ultrapassagem e assim evitar acidentes.

Conheça quais são as faixas de sinalizações:

FAIXA SIMPLES CONTÍNUA
Divide a via em dois fluxos opostos
NÃO permite ultrapassagem.

FAIXA SIMPLES TRACEJADA
Divide a via em dois fluxos opostos
Permite ultrapassagem

FAIXA DUPLA CONTÍNUA
Divide a via em dois fluxos opostos
NÃO permite ultrapassagem

FAIXA DUPLA CONTÍNUA E TRACEJADA
Divide a via em dois fluxos opostos

Utrapassagem permitida SOMENTE para carros que trafeguem pelo lado do fluxo da faixa tracejada.

fechar dica
ATENÇÃO AOS SISTEMAS DE COBRANÇA ELETRÔNICA

O Sem Parar/Via Fácil é um serviço de pagamento eletrônico de pedágios. Com a fixação de um dispositivo de identificação no veículo, o usuário da rodovia passa direto pelos pedágios e recebe a fatura das tarifas por meio de boleto ou débito em conta bancária.

Mas atenção: o uso do Sem Parar oferece economia e rapidez. Entretanto, é preciso ficar atento quando utilizar o serviço. As colisões com as cancelas automáticas podem ser evitadas desde que o usuário respeite algumas regras.

A velocidade obrigatória ao passar pela cabine do Sem Parar é de 40 km. Outro cuidado é quanto à distância do veículo da frente, que deve ser, no mínimo, de 30 metros.

O usuário também deve prestar atenção e agir com prudência para evitar que, diante de eventuais problemas técnicos, haja uma colisão contra as cancelas ou instalações do pedágio. Por isso, o motorista é obrigado a frear o veículo quando for detectada qualquer falha que comprometa a segurança de pessoas ou bens, a fim de evitar danos de qualquer natureza, em caso de falhas nos equipamentos.

fechar dica
CUIDADO COM AS FREADAS!

Nunca freie sobre poças d’água. Se isso for inevitável, alivie o pedal rapidamente para que as rodas não travem.

Muito cuidado ao frear tendo caminhões na sua traseira. Pesados, eles percorrem uma área muito maior que um veículo comum até parar completamente.

fechar dica
RESPEITAR O MEIO AMBIENTE NÃO É UMA ESCOLHA, É UMA OBRIGAÇÃO

Confira nossa listas de dicas para preservação da natureza e descubra que a consciência é sempre o melhor caminho.

ECONOMIZE

Conheça algumas dicas que fazem bem ao meio ambiente e ao seu bolso.

- Tampe suas panelas enquanto cozinha.
Você aproveita o calor que simplesmente se perderia no ar;

- Use uma garrafa térmica.
Abasteça-a de água bem gelada com uma bandeja de cubos de gelo pela manhã. Você terá água gelada até a noite e evitará o abre-fecha da geladeira;

- Aprenda a cozinhar em panela de pressão.
Além de cozinhar muito mais rápido, ela economiza 70% do gás;

- Cozinhe com fogo mínimo.
Por mais que você aumente o fogo, sua comida não vai cozinhar mais depressa, pois a água não ultrapassa 100ºC em uma panela comum. Com o fogo alto, você só vai é queimar sua comida;

- Antes de cozinhar, retire da geladeira todos os ingredientes de uma só vez.
Evite o abre-fecha da geladeira toda vez que seu cozido precisar de uma cebola, uma cenoura e etc;

- Coma menos carne vermelha.
A criação de bovinos é um dos maiores responsáveis pelo efeito estufa. Não é piada. Você já sentiu aquele cheiro pavoroso quando você se aproximou de alguma fazenda/criação de gado? Isto é metano, um gás inflamável e poluente.
Além disso, a produção de carne vermelha demanda uma quantidade enorme de água: para produzir 1kg de carne vermelha são necessários 200 litros de água potável. O mesmo quilo de frango só consome 10 litros.;

- Evite trocar de celular.
Já foi o tempo que celular era sinal de status. Fique com o antigo pelo menos
enquanto estiver funcionando perfeitamente ou em bom estado. Se o problema é a bateria, considere o custo/benefício de trocá-la e descartá- la adequadamente, encaminhando-a até os postos de coleta. Celulares trouxeram muita comodidade à nossa vida, mas utilizam derivados de petróleo em suas peças e metais pesados em suas baterias. Além disso, na maioria das vezes sua produção é feita utilizando mão de obra barata em países em desenvolvimento;

- Compre um ventilador de teto.
Nem sempre faz calor suficiente pra ser preciso ligar o ar-condicionado. Na maioria das vezes, um ventilador de teto é o ideal para refrescar o ambiente, gastando 90% menos energia. Combinar o uso dos dois – regulando o ar-condicionado no mínimo - também é uma boa ideia;

- Use somente pilhas e baterias recarregáveis.
É certo que são caras, mas seu uso em médio e longo prazo compensa. Duram anos e podem ser recarregadas em média 1000 vezes;

- Limpe ou troque os filtros do seu ar-condicionado.
Quando sujo, ele representa 158 quilos de gás carbônico a mais na atmosfera por ano;

- Troque suas lâmpadas incandescentes por fluorescentes.
Lâmpadas fluorescentes gastam 60% menos energia que uma incandescente. Assim, você economizará 136 quilos de gás carbônico anualmente;

- Escolha eletrodomésticos de baixo consumo energético.
Procure por aparelhos com o selo do Procel (no caso de nacionais) ou Energy Star (no caso de importados);

- Não deixe seus aparelhos em stand by.
Simplesmente desligue ou tire da tomada quando não estiver usando um eletrodoméstico. A função de stand by de um aparelho usa de 15% a 40% da energia consumida quando ele está em uso;

- Mude sua geladeira ou freezer de lugar.
Ao colocá-los próximos do fogão, eles utilizam muito mais energia para compensar o ganho de temperatura. Mantenha-os afastados pelos menos 15cm das paredes para evitar o superaquecimento. Colocar roupas e tênis para secar atrás deles, então, nem pensar!

- Descongele geladeiras e freezers antigos a cada 15 ou 20 dias.
O excesso de gelo reduz a circulação de ar frio no aparelho, fazendo que gaste mais energia para compensar. Se for o caso, considere trocar de
aparelho. Os novos modelos consomem até metade da energia dos modelos mais antigos, o que subsidia o valor do eletrodoméstico a médio/longo prazo.;

- Use as máquinas de lavar roupas/louça só quando estiverem cheias.
Caso você realmente precise usá-las com metade da capacidade, selecione os modos de menor consumo de água. Se você usa lava-louças, não é necessário usar água quente para pratos e talheres pouco sujos. Só o detergente já resolve;

- Retire imediatamente as roupas da máquina de lavar quando estiverem limpas.
As roupas esquecidas na máquina de lavar ficam muito amassadas, exigindo muito mais trabalho e tempo para passar e consumindo muito mais energia elétrica;

- Tome banho de chuveiro. E de preferência, rápido. Um banho de banheira consome até quatro vezes mais energia e água;

- Use menos água quente.
Aquecer água consome muita energia. Para lavar a louça ou as roupas, prefira usar água morna ou fria;

- Pendure as roupas ao invés de usar a secadora.
Você pode economizar mais de 317 quilos de gás carbônico se pendurar as roupas durante metade do ano, ao invés de usar a secadora;

- Compre alimentos produzidos na sua região.
Fazendo isso, além de economizar combustível, você incentiva o crescimento da sua comunidade, bairro ou cidade;

- Compre alimentos frescos ao invés de congelados.
Comida congelada, além de mais cara, consome até 10 vezes mais energia para ser produzida. É uma praticidade que nem sempre vale a pena;

- Não permita que as crianças brinquem com água.
Banho de mangueira, guerrinha de balões de água e toda sorte de brincadeiras com água são sem dúvida divertidas, mas passam a equivocada ideia de que a água é um recurso infinito, justamente para aqueles que mais precisam de orientação, as crianças. Não deixe que seus filhos brinquem com água, ensine a eles o valor desse bem tão precioso;

- Instale uma válvula na sua descarga.
Ela regula a quantidade de água liberada no seu vaso sanitário de acordo com a sua necessidade;

- Regue as plantas à noite.
Assim, você impede que a água se perca na evaporação e também evita choques térmicos que possam agredir suas plantas;

PRESERVE TAMBÉM NO SEU TRABALHO

Você vai subir no conceito do seu chefe e também do planeta.

- Use o telefone ou a internet.
Em quantas reuniões de 15 minutos você já compareceu este ano, para as quais teve que dirigir por quase uma hora? Usar o telefone ou skype pode poupar você de stress, além de economizar um bom dinheiro;

- Voe menos.
Reuniões por videoconferência são tão efetivas quanto as presenciais. E deixar de pegar um avião faz uma diferença significativa para a atmosfera;

- Economize CDs e DVDs.
Você sabia que eles levam cerca de 450 anos para se decompor e que, ao serem incinerados, voltam como chuva ácida (como a maioria dos plásticos)? Utilize mídias regraváveis, como CDs-RW, drives USB ou mesmo e-mail ou FTP para carregar ou partilhar seus arquivos;

- Desligue o computador.
Muita gente tem o péssimo hábito de deixar o computador de casa ou da empresa ligado ininterruptamente, às vezes fazendo downloads ou simplesmente por comodidade. Desligue sua máquina sempre que for ficar mais de duas horas sem utilizá-la e o monitor por até quinze minutos;

- Considere trocar seu monitor. O maior responsável pelo consumo de energia de um computador é o monitor. Os de LCD são mais econômicos, ocupam menos espaço na mesa e estão ficando cada vez mais
baratos. O que fazer com o antigo? Doe a instituições carentes;

- No escritório, desligue o ar-condicionado uma hora antes do final do expediente.
Num período de 8 horas, isso equivale a 12,5% de economia diária, o que representa a quase um mês de economia no final do ano. Além disso, no final do expediente a temperatura começa a ser mais amena;

- No hotel, economize toalhas e lençóis.
Use o bom senso: você realmente precisa de uma toalha nova todo dia? Em hotéis, o hóspede tem a opção de não ter as toalhas trocadas diariamente, para economizar água e energia. Trocar uma vez a cada 3 dias já está de bom tamanho - o mesmo vale para os lençóis;

- Vá de escada.
Para subir até dois andares ou descer três, que tal ir de escada? Além de fazer exercício, você economiza energia elétrica dos elevadores;

USE A CABEÇA

Pequenas atitudes nas quais você nem pensava, mas fazem toda diferença;

- Não peça comida para viagem.
Se você já foi até o restaurante ou à lanchonete, que tal sentar um pouco e curtir sua comida ao invés de pedir para viagem? Assim você economiza as embalagens de plástico e isopor utilizadas;

- Participe de ações virtuais.
A Internet é uma arma poderosa na conscientização e mobilização das pessoas. Um exemplo é o site ClickÁrvore, que planta árvores com a ajuda dos internautas. Informe-se e aja!;

- Considere o impacto de seus investimentos.
Seu dinheiro não rende juros sozinho. Isso só acontece quando ele é investido em empresas ou países que dão lucro. Na onda da sustentabilidade, vários bancos estão considerando o impacto ambiental das empresas em que investem o dinheiro dos seus clientes. Informe-se com o seu gerente antes de escolher o melhor investimento para você e o meio ambiente;

- Proteja as florestas.
Por anos os ambientalistas foram vistos como "eco-chatos". Mas em tempos de aquecimento global, as árvores precisam de mais defensores do que nunca. O papel delas no aquecimento global é crítico, pois mantém a quantidade de gás carbônico controlada na atmosfera;

- Nunca é demais lembrar: recicle no trabalho e em casa.
Se a sua cidade ou bairro não tem coleta seletiva, leve o lixo até um posto de coleta. Lembre-se de que o material reciclável deve ser lavado (no caso de plásticos, vidros e metais) e dobrado (papel);

- Faça compostagem.
Cerca de 3% do metano que ajuda a causar o efeito estufa é gerado pelo lixo orgânico doméstico. Aprenda a fazer compostagem: além de reduzir o problema, você terá um jardim saudável e bonito;

- Reduza o uso de embalagens.
Embalagem menor é sinônimo de desperdício de água, combustível e recursos naturais. Prefira embalagens maiores, de preferência com refil. Evite ao máximo comprar
água em garrafinhas, leve sempre com você a sua própria;

- Compre papel reciclado.
Produzir papel reciclado consome de 70 a 90% menos energia do que o papel comum, e poupa nossas florestas;

- Utilize uma sacola de tecido para as compras.
Sacolinhas plásticas descartáveis são um dos grandes inimigos do meio ambiente. Elas não apenas liberam gás carbônico e metano na atmosfera, como também poluem o solo e o mar;

- Plante uma árvore.
Cada uma delas absorve uma tonelada de gás carbônico durante sua vida. Se preferir, inscreva- se em programas como o SOS Mata Atlântica ou Iniciativa Verde;

- Compre orgânicos.
Você sabia que, além de não usar agrotóxicos, os orgânicos respeitam os ciclos de
vida de animais, insetos e ainda por cima absorvem mais gás carbônico da atmosfera que a agricultura "tradicional"? Se toda a produção de soja e milho dos EUA fosse orgânica cerca de 240 bilhões de quilos de gás carbônico seriam removidos da atmosfera;

- Informe-se sobre a política ambiental das empresas que você contrata.
Seja o banco onde você investe ou o fabricante do shampoo que utiliza, todas as empresas deveriam ter políticas ambientais
claras para seus consumidores. Mesmo que a prática esteja se popularizando, muitas empresas ainda pensam mais nos lucros e na imagem institucional do que em ações concretas. Por isso, não olhe
apenas para as ações que a empresa promove, mas também a sua margem de lucro alardeada todos os anos;

- Frequente restaurantes naturais/orgânicos.
Com o aumento da consciência para a preservação ambiental, uma gama enorme de restaurantes naturais, orgânicos e vegetarianos está se espalhando
pelas cidades. Ainda que você não seja vegetariano, experimente os novos sabores que essa onda verde está trazendo e assim estará incentivando o mercado de produtos orgânicos, livres de agrotóxicos e
menos agressivos ao meio ambiente.

SEU CARRO E O PLANETA

Algumas dicas para minimizar o impacto do seu automóvel no meio ambiente;

- Se você possui modelo de bagageiro que se acopla ao teto do veículo, não o deixe vazio em cima do carro.
Isso gasta 10% a mais de combustível, devido ao seu peso e aumento da resistência do ar. Use somente quando necessário;

- Lave o carro a seco.
Existem diversas opções de lavagem sem água, algumas até mais baratas do que a lavagem tradicional, que desperdiça centenas de litros a cada lavagem. Procure no seu posto de gasolina ou no estacionamento do shopping;

- Quando for trocar de carro, escolha um modelo menos poluente.
Apesar da dúvida sobre o álcool ser menos poluente que a gasolina, existem indícios de que parte do gás carbônico emitido pela sua queima é reabsorvida pela própria cana de açúcar plantada. Carros menores e de motor 1.0 poluem menos. Em cidades como São Paulo, onde no horário de pico anda-se a 10km/h, não faz muito sentido ter carros grandes e potentes para ficarem parados nos congestionamentos.

- Mantenha seu carro regulado.
Calibre os pneus a cada 15 dias e faça uma revisão completa a cada seis meses, ou de acordo com a recomendação do fabricante. Carros regulados poluem menos. A manutenção correta de apenas 1% da frota mundial de veículos representa meia tonelada de gás carbônico a menos na atmosfera;

- Ande menos de carro.
Use mais o transporte coletivo (ônibus, metrô) ou limpo (bicicleta ou a pé). Se você deixar o carro em casa duas vezes por semana deixará de emitir 700 quilos de poluentes por ano.

fechar dica
DETALHES QUE FAZEM A DIFERENÇA

Os erros em manobras, extremamente frequentes, são responsáveis por grande parte das infrações e acidentes. Por isso, é importante ficar atento às seguintes dicas ao dirigir:

- Estar emocionalmente equilibrado, bem disposto e sóbrio;

- Estar convenientemente calçado; não é permitido dirigir usando chinelos ou sapatos de salto alto;

- Estar com o número de passageiros e o volume de carga compatível com a capacidade do veículo e com a CNH;

- Colocar passageiros menores de 10 anos no banco de trás. (Ver Resolução 15/98);

- Condutor e passageiros devem usar cinto de segurança;

- Não colocar qualquer parte do corpo para fora do veículo, nem ser jogar qualquer objeto sobre as vias.

fechar dica
ACIDENTES12

Ao deparar-se com um acidente, jamais tente remover a vítima. Peça auxílio.

Informe imediatamente a concessionária responsável pela rodovia que estiver utilizando. Se estiver trafegando pela ViaRondon, solicite apoio pelo 0800 72 99 300 ou procure um dos postos abaixo – o mais próximo do local do acidente:

- Base da Policia Rodoviária Federal;
- Base de Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU);
- Praça de Pedágio.

Se você não é médico, evite movimentar as vítimas e não permita que leigos removam as pessoas acidentadas – isso pode salvar vidas ou impedir o agravamento de lesões por procedimento inadequado. Aguarde o socorro apropriado.

Sinalize o local com o triângulo e informe a vítima do acidente que o socorro já está a caminho.

fechar dica
VIARONDON DESENVOLVE TRABALHO DE PRESERVAÇÃO AMBIENTAL

A concessionária ViaRondon tem desenvolvido desde o início das atividades, em maio de 2009, um trabalho de reabilitação dos animais que são atropelados e encontrados feridos, em toda a extensão da SP-300.

O caso mais recente aconteceu no final de junho, no quilômetro 411 da SP-300, próximo ao município de Bauru. Um usuário avistou no canteiro lateral da pista (sentido Oeste) uma seriema, possivelmente vítima de atropelamento.

A ave, uma fêmea de dois anos, estava com uma das pernas quebrada. Em contato com a concessionária ViaRondon, através do telefone 0800-7299300, uma equipe de inspeção de tráfego foi até o local, e encaminhou a ave ao zoológico de Bauru.

A seriema recebeu todo o cuidado médico. Para ajudar na recuperação da fratura foi necessária a colocação de uma tala e pinos de fixação, que irão ajudar na correção da fratura. Por enquanto, a seriema está recebendo alimentação forçada. Esse procedimento será feito até que a espécie seja devolvida ao meio ambiente. A iniciativa da concessionária ViaRondon foi elogiada pelo IBAMA (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente).

fechar dica